Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

carnavais antigos, do século XIX

Serpentina, samba enredo e muita história

Exposição virtual do Museu Imperial de Petrópolis conduz internautas para carnavais antigos, do século XIX ao XX, e ajuda a explicar a maior festa popular brasileira a partir de seus próprios referenciais

Em 2011, os historiadores brasileiros terão mais um motivo para pular o carnaval. O Museu Imperial inaugurou recentemente a exposição virtual "Carnaval no acervo do Museu Imperial", que já pode ser acessada em http://migre.me/3YLcf

Festa popular mais importante da cultura brasileira, o carnaval como o conhecemos surgiu ainda no século XIX e se consolidou como patrimônio cultural brasileiro no século XX. Na exposição virtual do Museu Imperial, o leitor do Café História encontra uma importante parte desta trajetória: ao todo são 54 imagens incluindo fotos, recortes de jornais, matérias de revistas, como a Revista Ilustrada, brinquedos e outras peças dos acervos da Biblioteca, do Arquivo Histórico e do setor de Museologia que podem ser apreciadas online.
Um dos destaques é a prancha Carnaval de Rua, de Jean Baptiste Debret, extraída do livro Voyage pittoresque et historique au Brésil (Foto). A obra, de 1834, está preservada na Biblioteca do Museu. Entre os documentos, encontra-se ainda a edição n° 11 do jornal Correio Imperial, de 21 de fevereiro de 1888, que trazia uma nota sobre uma "batalha d'água", atividade carnavalesca da época. O jornal era escrito e editado em Petrópolis pelos filhos da princesa Isabel, os príncipes d. Pedro, d. Luis e d. Antônio. Os três príncipes também aparecem, ainda crianças, em uma das fotografias da exposição. Trata-se da imagem de um baile infantil à fantasia no Palácio de Cristal, em 1888, na qual também é possível observar o Conde D'Eu.

Já com relação ao século XX, a exposição apresenta fotografias de bailes e desfiles de rua, além de trechos de jornais e revistas. É possível conferir, por exemplo, uma edição de 1917 da revista Selecta sobre o Carnaval de rua em Petrópolis.

Carnaval alternativo no Museu Imperial

E que planeja uma programação alternativa neste carnaval, vale a pena ficar atento à programação em Petrópolis. O Museu Imperial preparou um roteiro especial para o período do Carnaval, funcionando como uma alternativa à folia. O palácio estará aberto à visitação durante os quatro dias da festa – incluindo segunda-feira, quando normalmente está fechado -, das 11h às 16h. Na segunda, haverá entrada gratuita para moradores de Petrópolis, mediante apresentação de comprovante de residência e documento de identidade. A instituição não funcionará apenas na Quarta-feira de Cinzas.
fonte

0 comentários: