Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Kraft Foods

Economia // INDÚSTRIA

Kraft Foods amplia investimento no Estado

A Kraft Foods Brasil anuncia investimento de US$ 20 milhões na ampliação da fábrica de Vitória de Santo Antão (Zona da Mata de Pernambuco), antes mesmo da inauguração da unidade. A abertura oficial da indústria está programada para maio, com a presença do presidente da operação brasileira da Kraft, Marcos Grasso, e convite feito à presidente Dilma Rousseff. Com o projeto de expansão, além dos sucos em pó e dos chocolates, os biscoitos vão fazer parte do mix de produção da planta local. A ideia é destinar à unidade pernambucana parte da fabricação do biscoito salgado Club Social, concentrada hoje em Piracicaba (SP).
O diretor de Assuntos Corporativos da Kraft, Fabio Acerbi, falou sobre o projeto de ampliação da unidade pernambucana, ontem, durante coletiva de imprensa em São Paulo para anunciar as novidades da companhia para a Páscoa 2011. "A ampliação da unidade antes da inauguração é uma demonstração de que fizemos uma aposta correta quando iniciamos, em 2004, um projeto de estruturação da companhia no Nordeste, com a inauguração de um escritório local e agora da fábrica", destaca. Atualmente, a região responde por 15% do faturamento da empresa e vem crescendo em ritmo vigoroso nos últimos anos.

Kraft Foods Perú realizó clase de cocina | http://www.generaccion.com/usuarios/8241/kraft-foods-per-...A fábrica de Vitória de Santo Antão recebeu investimento inicial de R$ 100 milhões e começou a ser construída em dezembro de 2009. Em fevereiro, a Kraft deu início aos testes de produção das linhas de sucos em pó, que vão fabricar as marcas Tang, Fresh e Clight. "No próximo mês vamos começar a produção de chocolates para inaugurar oficialmente a unidade em maio", adianta Acerbi, dizendo que além da marca BIS a planta poderá fazer toda a linha de chocolates em tabletes da empresa, a exemplo de Lacta, Diamante Negro, Laka e Milka.

O executivo diz que 70 profissionais já estão trabalhando na fábrica e a estimativa é atingir 600 contratados até maio. A empresa treinou 1.200 profissionais, por meio da Universidade do Alimento, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). "Os trabalhadores foram treinados em boas práticas de manufatura, segurança alimentar e segurança do trabalho, em um programa de dois meses. Os que não forem contratados pela Kraft estarão capacitados para ocupar vagas em outras empresas de alimentos, como a Sadia e outras que estão instaladas em Vitória", destaca Acerbi.

Para o projeto de ampliação, a Kraft já deu entrada na solicitação de licença de instalação junto à Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH). A companhia conta com uma área de 300 mil metros quadrados (m²) em Vitória. A primeira etapa da fábrica tem área construída de 60 mil m², sinalizando que ainda existe espaço para novas expansões.

Antes da construção da unidade pernambucana, a produção de alimentos da Kraft estava concentrada nos Estados de São Paulo e Paraná. Em Curitiba funciona a produção de chocolates, sobremesas e fermento Royal e o queijo Philadelphia. Em Piracicaba está instalada a produção de biscoitos e em Bauru a fabricação de gomas e balas, que passou a fazer parte do portfólio com a incorporação, no ano passado, da companhia inglesa Cadbury – dona das marcas Trident, Halls e Clorets, entre outras.
fonte

0 comentários: