Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Vitória: 2 a 1 Sport

Pernambucano
Sport tropeça diante do Vitória: 2 a 1
Leão joga mal e é derrotado pelo Tricolor das Tabocas, no Carneirão
Alexandre Barbosa - Diario de Pernambuco
Paulo Paiva/Esp. DP/D.A Press.
Foi na raça. Em condições adversas na tabela, o Vitória conseguiu um importante resultado positivo neste domingo. Venceu o poderoso Sport, por 2 a 1, no Carneirão, feito que muitos diziam ser impossível. Pior para o Leão, que acumulou uma derrota que, certamente, não estava nos planos. O jeito é buscar a recuperação na quinta-feira, contra o Cabense.

O jogo teve um primeiro tempo de pouquíssimas emoções. O gramado do Carneirão, mais uma vez, merece destaque... negativo. O campo não ajuda em nada no futebol das equipes, que tiveram uma apresentação sem brilho. Sem condições de construir jogadas, os chutes de fora da área foram a tônica dos dois lados. A pontaria, no entanto, esteve péssima.

E assim, numa partida de nível técnico baixo, Sport e Vitória fizeram um primeiro tempo equilibrado. A primeira chance real do jogo só veio aos 33 minutos, quando Tadeu saiu de frente com o goleiro Eduardo e finalizou para a grande defesa do arqueiro. Se o primeiro susto coube ao Leão, o time da casa respondeu da melhor maneira, com gol. Aos 37, Aleandro foi lançando na frente, lutou contra a marcação e o gramado, mas conseguiu bater na saída de Magrão e fazer 1 x 0.

O gol deu uma leve movimentada na partida, que andava sonolenta até então. O Sport partiu em busca do empate, enquanto o Vitória, animado pelo marcador, buscava sair nos contra-ataques. Nessa levada, o Leão se deu melhor. No último lance do primeiro tempo, já nos acréscimos, aos 47, Thiaguinho tocou para Fabrício que, da entrada da área, dominou e girou e bateu para o gol, empatando a partida.

O segundo tempo começou com um pouco mais de movimentação que o primeiro, com as equipes procurando mais o jogo. Pelo lado do Sport, o meia Fabrício conseguiu se movimentar melhor, o que fez o Leão a ter um leve domínio da partida. Este domínio, no entanto, não conseguiu se traduzir em oportunidades de gol, problema da primeira etapa que voltou a se repetir.

Após a boa arrancada do Sport no início da etapa final, o Vitória voltou equilibrar a partida. O time teve o mérito de conseguir segurar a bola no campo de ataque, utilizando a velocidade, a principal qualidade da equipe, e aproveitando a dificuldade que o Leão tinha em tocar a bola. As falhas da defesa também foram um problema sério enfrentado pelos rubro-negros. Igor e Alex Bruno não passaram confiança nenhuma.

E foi justamente num erro de saída de bola da defesa leonina que o Tricolor das Tabocas conseguiu marcar o gol da vitória. Assis entrou na área, desviou de Magrão, mas acabou se chocando com o goleiro rubro-negro. O juiz interpretou como pênalti. Nando cobrou com estilo, de cavadinha, e marcou o tento do importante triunfo para o time do interior.

Vitória
Eduardo; Bruno, Cleyton, Marcelo e Nando; Edvan, Aguimeron, Da Silva e Sinho (Paulo Victor); Aleandro e Felipe Feitosa (Robertinho). Técnico: Charles Muniz

Sport
Magrão; Thiaguinho, Igor, Alex Bruno e Dutra (Ciro); Tobi (Daniel Paulista), Hamilton, Fabrício, Wellington Saci; Carlinhos Bala (Bruno Mineiro) e Tadeu. Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Carneirão (Vitória de Santo Antão). Árbitro: Sebastião Rufino Filho. Assistentes: Ubirajara Ferraz e Pedro Wanderley. Gols: Aleandro (aos 37 minutos do 1oT), Fabrício (aos 47 minutos do 1oT) Cartões amarelos: Tobi, Magrão, Ciro (S), Cleyton (V). Cartão vermelho: Público: 6.280. Renda: R$ 37.520.

fonte

0 comentários: