Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Velório de radialista é marcado por comoção

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO


Velório de radialista é marcado por comoção e pedidos de justiça
Um cortejo com o corpo do apresentador percorreu mais de um quilômetro até o Cemitério São Sebastião


Com informações direto do local, Bruna Serra, da editoria de Cidades

Milhares de telespectadores e ouvintes estiveram presentes, na manhã desta segunda-feira (11), no velório do apresentador de tv e radialista Luciano Leitão Pedrosa, 46 anos, executado com um tiro à queima-roupa na cabeça, na Churrascaria Porto Luna, na noite do último sábado (9), em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata de Pernambuco.

Um cortejo com o corpo de Luciano percorreu mais de um quilômetro da casa da vítima até o Cemitério São Sebastião, na mesma cidade. O velório começou no final da tarde do último domingo (10).

Os familiares do apresentador não quiseram conceder entrevista. A população revoltada clamava por justiça durante o enterro. Segundo informações de colegas, Luciano vinh recebendo ameaças devido a sua atuação profissional.

De acordo com delegada de Vitória, Maria Betânia Tavares, a possibilidade de assalto foi descartada após os depoimentos de duas garçonetes da churrascaria onde ele foi morto. A delegada trabalha agora apenas com a hipótese de execução.

O retrato falado elaborado por uma das testemunhas não é do executor e sim do cumplice dele, que o espera do lado de fora do restaurante, ajudando na fuga de moto.

Fonte

Identidade do assassino de radialista ainda é um mistério



Testemunha que ajudou a elaborar retrato falado de assassino de radialista não tem certeza da fidelidade da imagem

A polícia já tem um retrato falado do cumplice do assassino do radialista a apresentador de tv Luciano Leitão Pedrosa, 46 anos, executado com um tiro à queima-roupa na cabeça, na Churrascaria Porto Luna, na noite do último sábado (9), em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata de Pernambuco.

Entretanto, de acordo com a delegada da cidade, Maria Betânia Tavares, o retrato ainda não tem data para ser divulgado. Isso porque a testemunha que ajudou na elaboração do documento não achou a imagem parecida com o suspeito.

Um novo retrato falado deve ser montado ainda nesta segunda-feira (11), após novas ouvidas serem realizadas.

Fonte

0 comentários: