Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

O pernambucano pagou menos pela cesta básica em junho nos municípios de Caruaru e vitória de Santo de Antão.

Cesta básica fica mais barata em junho, com valor máximo de R$ 231,20 no estado
     O quilo do frango resfriado foi o produto que mais caiu de preço na RMR: 8, segundo a pesquisa do Procon. Imagem: Marcos Vieira/EM/D.A Press

Imagem: Marcos Vieira/EM/D.A Press
O quilo do frango resfriado foi o produto que mais caiu de preço na RMR: 8, segundo a pesquisa do Procon. Imagem: Marcos Vieira/EM/D.A Press

O pernambucano pagou menos pela cesta básica em junho. Pelo menos, os que vivem na Região Metropolitana do Recife (RMR) e nos municípios de  Caruaru e vitória  de Santo de Antão. É o que indica a pesquisa divulgada hoje pelo Procon Pernambuco, que levantou os preços de 27 itens dos grupos alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal praticados em 63 estabelecimentos no estado. A maior queda foi registrada no Cabo de Santo Agostinho (-3,04%), que também possui a cesta mais cara: R$ 231,20.

No Grande Recife, o conjunto de itens básicos teve leve queda em relação a maio deste ano, com -0,52%. No mês passado, a cesta custava R$ 226,92 na região, segundo a pesquisa realizada pelo Procon PE. Caruaru também registrou redução nos preços da cesta em junho (-0,96%), atingindo o valor médio de R$ 219,88 e o terceiro lugar no ranking estadual de preços mais caros ao consumidor.

O único município que pagou mais pelos 27 itens mapeados pelo órgão de defesa do consumidor foi Vitória de Santo Antão, com aumento de 0,41%. No município, a cesta custa R$ 212,24 - ainda assim, a mais barata do estado.

Entre os itens que registraram maior redução de preço na RMR estão o quilo do frango resfriado, com 8%, e da charque de segunda, com 5,2%. Já na lista de "vilões" constam o creme dental (tubo de 90g), que apresentou variação de 222% nas gôndolas - os preços vão de R$ 0,90 a R$ 2,90 -, e a lã de aço, cuja diferença percentual chegou a 162,71%. O menor preço do produto de limpeza era de R$ 0,59, podendo chegar a R$ 1,55 nos mercadinhos e supermercados.
Metodologia

A pesquisa tomou como base a cesta básica mensal para uma família de quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças. O estudo completo no Grande Recife e no interior está disponível no site Procon PE: www.procon.pe.gov.br. Confira o resumo da pesquisa: 

 

Variação da cesta básica de junho em relação a maio de 2011:

 

RMR – queda de 0,52%

CARUARU – queda de 0,96%

VITÓRIA – aumento de 0,41%

CABO - queda de 3,04%

 

Impacto do valor da cesta básica sobre o salário mínimo (R$ 545):

 

RMR – 41,64%

CARUARU – 40,34%

VITÓRIA – 38,94%

CABO - 42,42%

 

Valor médio da cesta básica:

 

RMR – R$ 226,92

CARUARU – R$ 219,88

VITÓRIA – R$ 212,24

CABO – R$ 231,20

 

 

Maiores diferenças percentuais entre os produtos:

 

RMR:

 

Produto: Creme dental – tubo 90g

Maior preço: R$2,90

Menor preço: R$ 090

Diferença percentual: 222,22%

 

Produto: Lã de aço

Maior preço: R$ 1,55

Menor preço: R$ 0,59

Diferença percentual: 162,71%

 

CARUARU:

 

Produto: Absorvente– pacote c/ 8 unidades

Maior preço: R$ 2,16

Menor preço: R$ 0,68

Diferença percentual: 217%

 

Produto: Papel Higiênico (pacote c/ 4 unidades)

Maior preço: R$ 2,49

Menor preço: R$ 0,93

Diferença percentual: 162,11%

 

 

VITÓRIA:

 

Produto: Água sanitária

Maior preço: R$ 2,39

Menor preço: R$ 0,69

Diferença percentual: 246,38%

 

Produto: Papel Creme dental – tubo 90g

Maior preço: R$ 1,58

Menor preço: R$ 0,59

Diferença percentual: 167,80%

 

FONTE

0 comentários: