Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Polícia Militar do Ceará encerra greve

Polícia Militar do Ceará encerra greve depois de cinco dias parados

Publicado em 04.01.2012, às 02h00



A Polícia Miliatr do ceará encerrou na madrugada desta quarta-feira (4) a greve da categoria, após decisão tomada em assembleia com policiais reunidos na 6ª Companhia do 5º Batalhão, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza.

Depois de uma extensa reunião com o governo, que teve início ainda na manhã de terça-feira (3), os políciais conseguiram do governo um reajuste salarial de 56% mais a incorporação da gratificação de R$ 920 ao salário-base, que hoje, de acordo com a Associação dos Praças, PMs e Bombeiros do Ceará (Aspramece) é de R$ 1.606,01. Também foi incluso o vale-alimentação no valor de R$ 10 diários para os policiais.

Além do reajuste a categoria conseguiu a anistia a todos os policiais que participaram de qualquer evento de manifestação de greve desde o dia 1º de novembro de 2011 até o fim da greve, nesta quarta-feira, com a condição que os mesmos se apresentem nos quarteis até o fim do dia 4 de janeiro.

A redução da jornada de trabalho de 46 para 40 horas semanais foi outro ponto cedido pelo governo do Ceará. Segundo o acordo apresentado pelo governador ao comando de greve dos PMs, deverá ser criada uma comissão que irá estudar o impacto financeiro de reajustes dos próximos anos.

A mesma comissão a ser composta pelo secretário da Fazenda,Mauro Filho, do Planejamento e Gestão, Eduardo Diogo, e do procurador-geral do Estado, Fernando Oliveira, deverão estudar a possível criação do código de ética e a extinção do código displinar dos policiais militares do Ceará..

GREVE DA POLÍCIA CIVIL - O governo do estado mal conseguiu encerrar uma greve e já deve enfrentar outra também na pasta da segurança. Os Policiais Civis do Ceará decidiram entrar em greve após assembleia realizada na noite desta terça-feira (3). De acordo com o sindicato da categoria, os policiais civis devem ser convocados ao longo da madrugada para acamparem em frente à superintendência da polícia civil, no centro de Fortaleza.

Entre as reivindicações, os policiais civis pedem reajuste salarial de 60% do subsídio do delegado (o que representa um aumento de R$ 2 mil para R$ 4 mil, em média, segundo o Sinpoci), aumento no número de efetivo (ainda segundo o sindicato, são 1.800 policiais civis para todo o Estado, e que as 760 vagas do concurso para inspetor de 1ª classe não seriam suficientes para suprir a demanda). Além disso, a categoria pede que o governo passe a dar promoções para policiais que não possuem ensino superior, já que o sinpoci diz que promoções para a categoria são concedidas apenas para policiais com nível superior completo.

LEIA MAIS

0 comentários: