Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

empresa chinesa

BR Foods, que tem fábrica em Vitória, monta joint venture com empresa chinesa
BR Foods mantém desde 2009 um complexo fabril em Vitória de Santo Antão. No momento, empresa constrói nova unidade para produzir margarinas, também no estado. Imagem: Alcione Ferreira/DP/D.A Press
 
BR Foods mantém desde 2009 um complexo fabril em Vitória de Santo Antão. No momento, empresa constrói nova unidade para produzir margarinas, também no estado. Imagem: Alcione

A Brasil Foods anunciou nesta terça-feira, por meio de fato relevante ao mercado, que fechou uma joint venture com a empresa chinesa Dah Chong Hong (DCH). A parceria, segundo a companhia, busca desenvolver a marca Sadia no mercado chinês, além de ter acesso ao processamento local, com alcance dos canais varejo e alimentação na China continental, Hong Kong e Macau.
Os grupos estudavam a proposta desde maio do ano passado, quando assinaram um memorando de entendimentos. A estimativa é que a nova empresa alcance volumes acima de 140 mil toneladas e receitas de aproximadamente US$ 450 milhões no primeiro ano.

De acordo com o comunicado, Brasil Foods e Dah Chong Hong terão participação igualitária e gestão compartilhada no conselho de administração e no comitê executivo. Na nova companhia, cujo nome não foi divulgado, a BRF será responsável pela produção, suporte técnico e marketing dos produtos. Já a DCH atuará nos canais de varejo, processamento, embalagem e serviços gerais de suporte de operação.

Criada em 1949, a DCH é um dos maiores distribuidores de automóveis, alimentos e produtos de consumo na China. É controlada pelo grupo Citic Pacific, empresa aberta e com papéis listados na Bolsa de Hong Kong.
BR Foods no estado
A Brasil Foods (BRF), que congrega marcas como Sadia, Perdigão e Batavo, possui um complexo industrial em Vitória de Santo Antão, zona da mata sul do estado. O empreendimento começou a operar em março de 2009 e gera atualmente mais de 1,1 mil empregos. A fábrica opera quatro linhas de embutidos, como mortadela, apresuntado, salsichas, linguiça cozida, presunto de peru e lanche.

No momento, a empresa constrói uma nova unidade industrial em Pernambuco, ao custo de R$ 140 milhões. A fábrica de margarinas produzirá itens das marcas Qualy, Deline e Claybom. A nova planta terá capacidade para produzir oito mil toneladas/mês de margarinas. Segundo o presidente de Assuntos Corporativos da BRF, Wilson Mello Neto, o início das operações está previsto para janeiro de 2013.LINK

0 comentários: