Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Rodando o Mundo

Seguidores

economia de PE mais aquecida

Empreendimentos estruturadores deixam economia de PE mais aquecida

Assista ao vídeo
Antônio Alexandre, diretor presidente da Condepe/Fidem, comenta estudo divulgado sobre impacto dos novos empreendimentos em Pernambuco. Veja o vídeo. Imagens: Micheline Batista/DP/D.A Press

Os empreendimentos estruturadores já em funcionamento ou em implantação em Pernambuco estão reestruturando a economia do estado. Um dos impactos é o aumento da participação da indústria no Valor Adicionado Bruto (VAB), que era de 21,8% em 2008 e passará a 28,0% em 2014, de acordo com estudo divulgado nesta segunda-feira (16) pela Agência Condepe/Fidem.

O levantamento considera o impacto na economia pernambucana de cinco empreendimentos: as plantas da BR Foods (Sadia, em Vitória de Santo Antão, e Perdigão/Batavo, em Bom Conselho), a fábrica da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Goiana), o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), PetroquímicaSuape e Refinaria Abreu e Lima.

"Hoje estamos com uma economia 20% maior do que se esses empreendimentos não estivessem sido implantados em Pernambuco. Em 2014, a economia estará 48% maior", pontuou o presidente da Agência Condepe/Fidem, Antonio Alexandre.

Segundo ele, o maior impacto ocorre justamente na indústria de transformação, evidenciando que o estado passa por um ciclo de reindustrialização com a chegada de novas atividades, como aquelas relacionadas aos setores naval e de petróleo e gás.

Os cinco empreendimentos significam um choque de demanda de R$ 24,8 bilhões na fase de construção e outros R$ 41,7 bilhões na operação, totalizando R$ 66,5 bilhões. Eles estão gerando aproximadamente 1,2 milhão de postos de trabalho, sendo 185 mil na fase de construção de cerca de 1 milhão na operação.
link

0 comentários: