Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

economia de PE mais aquecida

Empreendimentos estruturadores deixam economia de PE mais aquecida

Assista ao vídeo
Antônio Alexandre, diretor presidente da Condepe/Fidem, comenta estudo divulgado sobre impacto dos novos empreendimentos em Pernambuco. Veja o vídeo. Imagens: Micheline Batista/DP/D.A Press

Os empreendimentos estruturadores já em funcionamento ou em implantação em Pernambuco estão reestruturando a economia do estado. Um dos impactos é o aumento da participação da indústria no Valor Adicionado Bruto (VAB), que era de 21,8% em 2008 e passará a 28,0% em 2014, de acordo com estudo divulgado nesta segunda-feira (16) pela Agência Condepe/Fidem.

O levantamento considera o impacto na economia pernambucana de cinco empreendimentos: as plantas da BR Foods (Sadia, em Vitória de Santo Antão, e Perdigão/Batavo, em Bom Conselho), a fábrica da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Goiana), o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), PetroquímicaSuape e Refinaria Abreu e Lima.

"Hoje estamos com uma economia 20% maior do que se esses empreendimentos não estivessem sido implantados em Pernambuco. Em 2014, a economia estará 48% maior", pontuou o presidente da Agência Condepe/Fidem, Antonio Alexandre.

Segundo ele, o maior impacto ocorre justamente na indústria de transformação, evidenciando que o estado passa por um ciclo de reindustrialização com a chegada de novas atividades, como aquelas relacionadas aos setores naval e de petróleo e gás.

Os cinco empreendimentos significam um choque de demanda de R$ 24,8 bilhões na fase de construção e outros R$ 41,7 bilhões na operação, totalizando R$ 66,5 bilhões. Eles estão gerando aproximadamente 1,2 milhão de postos de trabalho, sendo 185 mil na fase de construção de cerca de 1 milhão na operação.
link

0 comentários: