Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

O desenvolvimento econômico de Vitória de Santo Antão devido ao crescimento industrial .

A terra onde inicialmente as perspectivas dos moradores seriam ou migrarem para a capital pernambucana ou juntar dinheiro para tentar a vida em outras grandes capitais brasileiras, como São Paulo e Rio de janeiro, hoje pode se chamar de "Vitória das Oportunidades" devido ao seu efeito reverso à migração e a abertura de novas portas para seu povo.

Atualmente com o efeito da interiorização das empresas multinacionais, com parcerias envolvendo os governos estadual e federal, puderam vir a se instalar em Vitória de Santo Antão, empresas como a Kraft Foods, segunda maior empresa de alimentos do mundo, a Sadia, empresa catarinense cuja 


fábrica em Vitória é a primeira a produzir com zero de emissão de gás carbônico (CO2), juntam-se com a Pitú, empresa 100% Pernambucana, ocupando os postos de uma das maiores indústrias de bebidas destiladas do País e de líder na região Nordeste. No mercado internacional, a marca comercializa mais de 2,5 milhões de litros para mais de 60 países do mundo.

Todo esse efeito possibilitou o grande desenvolvimento econômico de Vitória de Santo Antão, atingindo todos os setores, como: Construção civil, imobiliário, financeiro, comercial, alimentício e principalmente o setor de Educação, onde em Vitória de Santo Antão assume a vanguarda dos 


investimentos em educação. A construção de um campus da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) anuncia o comprometimento do estado e município com a formação dos profissionais da região. São esses tipos de investimento que verdadeiramente definem a face da nova economia, gerando o aquecimento da economia local, aumentando o nível de empregabilidade, que em recente pesquisa entre Agosto de 2010 a Agosto de 2011, constatou que o crescimento do trabalho formal foi de 13,53%, o que significa que 1.626 trabalhadores de Vitória de Santo Antão foram contratados. Esse acréscimo deve-se, principalmente, ao bom desempenho, basicamente, das indústrias recém instaladas.Todos esse fatores aliados, veem por conseguinte aumentando a expectativa de vida que hoje chega aproximadamente a 70,4 anos ,em média, e melhorando a qualidade de vida do povo vitoriense.

Com a indústria chegando ao interior, permite que o talento, a força e a coragem dos nordestinos que ajudaram a construir as grandes metrópoles pelo Brasil a fora, hoje seja utilizada para construir à nossa "casa".

Artigo escrito por Raphael Vota

Pós-graduando em Gestão da Produção pela UFPE



Acesse   nosso produto mo mercado livre
http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_72868258

0 comentários: