Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Vereadores se comprometem ajudar na restauração do secular Sobradinho

Inst Hist na camaraSobradinho será restaurado com a ajuda dos vereadores vitorienses


A relíquia histórica arquitetônica mais antiga da Vitória de Santo Antão, datada de 1730, situada a Rua Imperial – no Centro da cidade, se encontra com sua estrutura física comprometida. O Instituto Histórico e Geográfico da Vitória tentou por inúmeras vezes uma ação por parte da Prefeitura, e segundo a entidade, nada foi estabelecido até o momento. O apelo se deu na reunião da quinta-feira (18), no Plenário da Casa Diogo de Braga, que recebeu o presidente do Instituto, Pedro Humberto Ferrer, bem como a Profa. Severina Moura, presidenta da Academia Vitoriense de Letras.
DSC01548No documento apresentado por Pedro Ferrer, apela urgentemente pela recuperação do Sobradinho por se tratar de um patrimônio histórico, pelo qual abriga atualmente a Academia Vitoriense de Letras. Informou que várias cobranças, precisamente onze tentativas para resolver o problema, foram feitas ao Prefeito Elias Lira (PSD). “O Sobradinho já pertence efetivamente ao Instituto Histórico. É um símbolo da história do Século XVIII. É tão antigo quanto a Igreja do Rosário na Matriz, sendo necessária e justa a sua restauração. Orçamos o valor de R$ 15 mil para começar e concluir a obra”, relatou Ferrer. Há um temor por parte das entidades perderem o Sobradinho, assim como ocorreu com outros prédios históricos vitorienses.

O vereador Antonio Gabriel do Nascimento, conhecido por Toninho (PR), oferece uma proposta para que os onze edis façam a doação para restaurar o prédio. “Sugiro aos vereadores fazerem uma cota e o Poder Executivo arcar com o restante”, asseverou. Todos concordaram por contribuir com a cota.

Dr. Saulo Albuquerque (PSB), atenta para que o prefeito de Vitória deva estar presente nesta cota e assumir também a sua responsabilidade na preservação da memória histórica e cultural de Vitória. Os representantes do Instituto parabenizaram os parlamentares pela iniciativa em colaborar de modo individual com a reforma, informando que incentivará a outros profissionais e empresas a também fazer sua cota de participação nestes custos. (LN). link do artigo aqui

0 comentários: