Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Rodando o Mundo

Seguidores

HISTÓRIA DA IMPRENSA VITORIENSE

O LIBERAL VICTORIENSE - Semanário Democrático e Literário - 
Noticiou o Jornal do Recife, de 14 de maio de 1869, haver sido 
obsequiado, "pela respectiva redação, com o primeiro número" da nova 
folha, publicado no dia 8. Sucedendo a O Echo Liberal, imprimiu-se na 
mesma tipografia, sob a direção de Manuel Bernardo Gomes Silvério. 
Apresentava o slogan: "Quando a liberdade periga, todo cidadão deve ser 
um revolucionário". 
 
Jornal de vida extensa, dele só existem, na Biblioteca Pública do 
Estado, dois comprovantes: nº 5, ano V, de 19 de maio de 1873, não mais 
exibindo o slogan e com editorial de crítica a O Município, e nº 164, ano 
VIII, de 27 de janeiro de 1877. Tinha bom formato 36 x 27, com quatro 
páginas a quatro colunas de composição. Assinava-se a 10$000 por 
anualidade, acrescidos de 2$000 para fora da cidade; o semestre a 6$000 
e o trimestre a 3$000. 
 
O mencionado nº 164 atacou, avidamente, o Juiz de Direito local, 

Marcos Correia da Câmara Tamarindo, que tinha cobertura de defesa por 
parte do periódico Idéa Conservadora. Duas páginas da edição eram 
dedicadas a anúncios. 
 
Embora Alfredo de Carvalho tenha registrado, nos "Anais", que O 
Liberal Victoriense só viveu até meados de 1877, a publicação foi mais 
além. Existe, por exemplo, na biblioteca do Instituto Histórico de Vitória 
de Santo Antão, comprovante do nº 208, ano IX, de 6 de abril de 1878, 
em formato 48 x 32, com quatro páginas a quatro colunas de 14 cíceros. 
Constava do cabeçalho, abaixo do título: "Semanário Democrático, 
Noticioso e Literário, dedicado aos Interesses do Povo pernambucano". 
 
Abriu a edição o editorial "O Gabinete Liberal", atacando os 
"conservadores perdidos na opinião, gastos e corrompidos que a todo 
transe se querem filiar à democracia, tendo somente em vista o interesse 
pessoal". Concluiu, após uma série de considerações: "O Liberal 
Victoriense que, por força das circunstâncias, tinha-se eclipsado entre as 
brancas nuvens da liberdade, volta ao seu antigo posto de honra, 
equipado de carabina ao ombro". 
 
Seguiu-se matéria de rotina, complementando-a duas páginas de 
reclames comerciais. 
 
Ainda mais: A Província, do Recife, louvando o jornalista Manuel 
Bernardo Gomes Silvério, "esforçado paladino da imprensa liberal na 
cidade da Vitória", em sua edição de 9 de maio de 1878, reproduziu o 
artigo comemorativo da edição de aniversário d'O Liberal Victoriense, 
acompanhando-lhe o erro de "dez anos", em lugar de nove. Dele vão aqui 
transcritos os tópicos principais, que definem até onde afirmava o 
idealismo de um homem devotado à sua causa e ao seu jornal: 
 
"Dez anos de existência completa a nossa gazeta. Contamos dez anos 
de sacrifícios, vexames e contrariedades; até o próprio sangue serviu de 
holocausto aos assassinos que policiavam esta vitória em 1868, cujos 
remorsos e crimes trucidam-lhes as negras almas. Nunca vimos perigos 
que não os agrontássemos, embora cercados de ameaças e perseguições. 
Muitas vezes tentaram rebentar a nossa imprensa; repetidas vezes 
tentaram também contra a nossa existência; porém, para desesperá-los 
de raiva, para cauterizar tão cancerosas chagas, pouco valor dávamos à 
vida; lutamos desesperadamente. A nossa tenacidade era aplaudida pela 
imprensa democrática do país". 


Fechado há mais de um ano, Zoológico Melo Verçosa aguarda autorização reabrir

Foto: Luciano Abreu/Prefeitura da Vitória

O Zoológico Melo Verçosa, o segundo de Pernambuco e único do interior, localizado em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, desde setembro de 2012 está de porta fechadas para o público, por determinação do Ministério Público. A interdição do MPPE foi por falta de condições do local, que teria jaulas de tamanho insuficiente para os animais e não apresentaria segurança nem para as pessoas nem para os animais que estavam lá. O Zoo foi inaugurado em 1950 e nesses mais de 60 anos, nunca recebeu licença ambiental para funcionar.

A prefeitura do município, na tentativa de manter o espaço de lazer, realizou reforma para adequar o espaço para os animais. Algumas jaulas onde os animais são mantidos e vários pontos receberam grama. Uma área de quarentena para os animais que ficarem doentes foi construída e os espaços das aves maiores ganharam mais altura, permitindo que as árvores façam parte do ambiente. A cozinha e o ambulatório também receberam reforma.

O zoológico de vitória tem 104 animais. Entre as aves, muitas araras, um urubu-rei, um gavião. Também há mamíferos pequenos, como macacos, o quati, o papa-mel, o gato selvagem. O urso pardo Bruno, que antes estava com problemas na pelagem, teve sua qualidade de vida melhorada. Sua piscina mais que dobrou de tamanho, e seu viveiro também. Bruno até ganhou mais alguns quilos.

O rei da bicharada, o leão Alceu, teve sua jaula e espelho d'água ampliado. O local também ganhou alguns troncos para o animal se exercitar. Alceu está cego de um olho e possui catarata no outro. Ele sofre de uma doença que provoca a degeneração das articulações, dificultando sua locomoção.

Em entrevista ao programa Nordeste Viver e Preservar, da TV Globo Nordeste. O procurador do município, Washigton Amorim, afirmou que o espaço já possui condição de funcionamento. O procurador está confiante que após serem realizadas as vistorias, o local volte a funcionar.

A solução definitiva do Zoológico passa pela mudança de endereço e a criação de um Bioparque, numa área dez vezes maior do que a do atual zoológico, para onde os animais seriam transferidos. São doze hectares já desapropriados, bem próximo ao Sítio Histórico Monte das Tabocas. 

Enquanto o bioparque não fica pronto, o município tenta reabrir o zoológico. "O município não abre mão desse zoológico, e não abriu, pelo fato de ser um zoológico tradicional no estado de Pernambuco, com 63 anos, pela capacidade de ter os animais e pelo trato que tinha com as espécies aqui. Até pela preservação da natureza", disse o secretário de cultura, turismo e esporte, Paulo Roberto, em entrevista ao programa da TV Globo.

Por Danilo Coelho, do Blog Nossa Vitória



População de Vitória em contagem regressiva para a inauguração do Vitória Park Shopping


Em Contagem Regressiva... Faltam apenas três dias para o Vitória Park Shopping abrir as portas para a população vitoriense e cidades vizinhas. Depois de alguns problemas quanto a data de inauguração, o novo centro de comercio da cidade da Vitória de Santo Antão será inaugurado na próxima sexta-feira (29/11).

A população contará com diversas possibilidades de lazer e entretenimento como, por exemplo: Cinema, Jogos, Restaurantes, Compras e Hotel.

Serão mais de 100 lojas instaladas no local, além do hotel, gerando cerca de 1.600 empregos diretos e mais 1.600 empregos indiretos para a população. Lojas ancora virão ao shopping, mesclando com lojas da própria cidade. Segue a lista de lojas que já estão confirmadas para a inauguração:

Griletto; Di Itália; Prediletto; Colombo; World Games; Americanas; Cacau Show; Lang Chao; Bonaparte; Bob's; Marisa; Ótica Diniz; Nagem; Patroni; Riachuelo; O Boticário; Subway; Emmanuelle; Fran's Café; Esposende; Dayane Baby; Donatário; Ripe Café; Havaianas; Heriing; X Picanha; Debuty; Ortobom; WS; Otacília; Exclusiva; Arena Fit; Colcci; Avohai; Eliude Bijoux; Lira Cultural; Postnet; Belier; Laça Burguer; O Rei das Coxinhas; Buffet de Sorvetes; Handara.
Por outro lado quem não está gostando muito do assunto são os comerciantes do centro da vitória, eles esperam uma queda enorme no volume de vendas de Natal e Ano Novo, datas importantíssimas para o comercio local.LINK

Taxímetros são instalados em vitória de santo Antão


A prefeitura da Vitória, através da Agência de Trânsito da Vitória (AGTRAN) e em parceria com o IPEM/PE (Instituto de Peso e Medidas do Estado de Pernambuco) e o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), realizou na manhã desta terça-feira (26), na sede da AGTRAN, uma operação para instalação de taxímetros e padronização (adesivação) dos táxis que operam no município, além do recadastramento de todos os taxistas que oferecem o serviço através de uso de placa vermelha. Ao todo são duzentos e vinte e sete táxis cadastrados que passarão por aferição dos órgãos reguladores.De acordo com o diretor da AGTRAN, Hildebrando Lima, a operação além de permitir a adequação dos taxistas à lei, irá permitir que o vitoriense e turistas passem a utilizar com maior frequência os táxis, ampliando o volume de negócio da categoria. "Em vez de pagar um valor estabelecido de R$ 12,00, o consumidor irá pagar apenas o trecho percorrido, deixando o valor mais em conta e gerando mais viagens e negócios para os taxistas.", afirma.

A partir da implantação dos taxímetros, os aluguéis serão tarifados com valores pré-estabelecidos, segundo a resolução 001/2013, de 16 de outubro, da AGTRAN, que define tarifa com bandeira 1 a R$ 3,80; bandeirada 1 a R$2,10 (por quilômetro rodado); bandeira 2 a R$ 2,50 (por quilômetro rodado); a categoria de viagem especial, a partir das 22h, domingo e feriados, e hora parada a R$ 14,00.

Saio no blog do Pilako Não sejamos tolos, a Praça Leão Coroado, faz tempo que está destruída…

                 leao-coroado

Durante este pouco mais de dois anos em que nosso jornal eletrônico se manteve no ar, postamos várias matérias atinentes ao ABANDONO de praças pelas últimas gestões comandadas pelo prefeito Elias Lira. Neste quesito, e em tantos outros, Elias deu continuidade à gestão do folclórico  ex-prefeito José Aglailson, mudando apenas os parentes e o pessoal de fora nas tetas da prefeitura.
Disse também, várias vezes, que nossa cidade, portadora de muitas praças, apesar de tantas outras haverem sido destruídas no seu nascedouro, isso porque, nos quatro cantos da Vitória temos exemplos de “praças” doadas pelos prefeitos exterminadores de futuro, ainda quando os loteamentos estavam surgindo, muito deles, “negociado” dentro da própria prefeitura com seus proprietários, atualmente, em nosso município, só existiam três praças aptas a receber dignamente a população (Bela Vista, Matriz e Pirituba).
Pois bem, no domingo passado, 24 de novembro, durante o dia recebi várias ligações de pessoas amigas, leitoras assídua do nosso blog, para comunicar-me que a Praça Leão Coroado estava sendo destruída. Agradeci pela lembrança, mas respondi a todos que aquilo que estavam me dizendo era impossível de acontecer, até porque, ninguém podia destruir uma praça duas vezes ao mesmo tempo… Ora!! Não sejamos tolos, a Praça Leão Coroado, faz tempo que estar destruída….. ou não está?
Vale salientar que a referida praça já foi um dos lugares mais chiques desta cidade, compunha, no século passado, junto com o Prédio da Estação, o Hotel Fortunato e o antigo Hotel dos Viajantes, atual Colégio 3 de Agosto, um dos ponto de convergência mais frequentado pela “fina flor” vitoriense. Na década de 40, por exemplo, o então prefeito José Aragão, inaugurava, de forma pioneira, naquela praça, as primeiras experiências de iluminação com rede elétrica subterrânea.
             leao-coroado2
Portanto, espero que o prefeito Elias Lira tenha finalmente “acordado para o serviço”. É bem verdade que já temos conhecimento do seu “modus operandi”, no que diz respeito às operações administrativas relacionadas às eleições, como também, estaremos de olho para denunciar, caso haja um custo de tempo exacerbado assim como desperdício de recursos do erário……. estaremos  acompanhando.
           leao-coroado-nova

Um pouco mais da história visual de algumas importantes cidades do grande Estado do Pernambuco, através de fotografias publicadas ao longo do século XX, como as que seguem, publicadas na Revista da Cidade, em 1927..



CARUARU - A famosa "Feira de Caruaru", vendo-se a "seção de utensílios de barros", em 1927

CARUARU - A famosa "Feira de Caruaru", vendo-se a "seção de tecidos", em 1927

CARUARU - A famosa "Feira de Caruaru", vendo-se a "seção de malas", em 1927

IPOJUCA - Cachoeira Maranhão, de propriedade do coronel João de Souza Leão, em 1927

IPOJUCA - Outra vista da Cachoeira Maranhão, em 1927

---
Fonte:
Revista da Cidade, edições de 1927, disponível digitalmente no site do Domínio Público

STF aprova dividir penas; José Dirceu e Genoíno serão presos

Por cinco votos a quatro, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na noite desta quarta-feira, 13, "fatiar" o início do cumprimento das penas dos condenados no processo do mensalão. A Corte reconheceu a imediata execução das penas para os crimes que não são questionados por meio dos chamados embargos infringentes. Com essa decisão, o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares, entre outros culpados, já começam a cumprir parte das penas que receberam do tribunal.

O trio petista cumprirá pena por corrupção ativa, mas vai esperar uma decisão do Supremo em relação ao crime de formação de quadrilha. Dessa forma, eles vão começar a cumprir a pena em regime semiaberto, quando eles passam o dia na rua e têm de dormir na cadeia. A Corte deve apreciar o delito de formação de quadrilha supostamente cometido por eles apenas em 2014.

Os ministros do Supremo não informaram quando inicia o cumprimento das penas dos condenados. Ao final da sessão, o ministro Roberto Barroso foi o único que falou com a imprensa. Ele disse que a decisão sobre o momento da execução da pena caberá exclusivamente ao relator, ministro Joaquim Barbosa. O relator e presidente do STF anunciou que deve trazer nesta quinta-feira, 14, o resultado da sessão, com esclarecimentos sobre o julgamento. Ou seja, por ora, ainda não foram expedidos quaisquer mandados de prisão.

Joaquim Barbosa votou pela execução integral das penas dos condenados, mesmo para aqueles que não tinham direito a um novo julgamento por determinadas penas. Contudo, prevaleceu o voto do ministro Teori Zavascki que foi a favor de não permitir a execução imediata das punição apenas dos réus que entraram com embargos infringentes sem ter, a princípio, direito ao recurso. Isto é, a Corte não decidiu prender, por exemplo, o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), que nem sequer tinha direito ao embargo infringente.

Em Pernambuco, salários de PMs variam de R$ 2,5 mil a R$ 14 mil

Policiais pernambucanos, pelo menos os praças, também não estão bem no quesito remuneração quando comparados aos militares de outros estados brasileiros. Um soldado da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) está recebendo, atualmente, o soldo (salário) de R$ 1.961,70. Quando somados aos R$ 500 de gratificação de risco, o valor mensal chega a R$ 2.461,70, que fica bem abaixo do que recebe um soldado da PM no Distrito Federal, ou seja, R$ 4.122,05 por mês.

Os valores dos pagamentos dos militares pernambucanos está regulamentado pela Lei Complementar Nº 169, de 20 de maio de 2011, e tem validade até 2014, quando acontece mais um reajuste no mês de junho.

Já um coronel da PMPE está embolsando por mês, como valor de soldo, R$ 10.212,53. A gratificação de risco dos oficiais, que diga-se de passagem se arriscam bem menos que os praças, é de R$ 3.734,28, o que acaba rendendo a eles, ao final do mês, um salário de R$ 13.946,81. Não é de hoje que o blog tem recebido diversos e-mails com reclamações referentes à disproporção entre os valores das gratificações pagas aos militares do estado. Entre as outras patentes, os salários com as gratificações variam de R$ 2.871,98 (cabos) até R$ 11.347,26 (tenente-coronel).

Leia mais sobre o assunto em:



Salários de policiais variam mais de 200% de um estado para outro

A diferença dos valores de servidores da Segurança Pública de todo o país têm variações maiores que 200%. Segundo o 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, estudo realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgado na semana passada em São Paulo, ser investigador da Polícia Civil no Brasil é ver as remunerações da oscilarem até 268% entre os estados. A situação é semelhante na Polícia Militar, onde a variação de salário de um soldado pode chegar aos 200%, dependendo do estado onde ele trabalhe.
Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

O relatório do Anuário listou as informações de salários das carreiras policiais e outras informações que compõem a segurança pública no país. A pesquisa se valeu de dados de secretarias estaduais de segurança pública e de órgãos do governo federal, como o Ministério da Justiça e a Secretaria Nacional de Segurança Pública. Na pesquisa de salários divulgada pelo Anuário, tanto as posições de comando nas polícias como a de oficiais a eles subordinados têm variações que facilmente superam os 100%. Ao todo, no Brasil, são cerca de 520 mil policiais.

No caso de coronel, por exemplo, patente mais alta da PM, a diferença chega a 144% quando comparados os R$ 21.531,36 recebidos no Paraná aos R$ 8.800 pagos a um coronel do Pará. Ainda na PM, a variação é maior na remuneração de soldados: enquanto no Rio Grande do Sul são pagos à patente R$ 1.375,71 mensais, no Distrito Federal o valor chega a R$ 4.122,05.

Entre as carreiras da Polícia Civil, a variação entre as remunerações de delegados ultrapassam os 180%, equivalentes à diferença entre os R$ 18.837 pagos a um delegado do Estado do Mato Grosso e os R$ 6.709,32 pagos no Estado mais rico da federação, São Paulo. Também na Polícia Civil, mas na função de investigador, a variação atinge os 268% tendo em vista a diferença do que é pago na polícia gaúcha, R$ 1.863,51, e na do Mato Grosso, R$ 6.854.


link



Um pouco da história visual de cidades de Pernambuco, através de fotografias publicadas ao longo do século XX,

Um pouco da história visual de cidades de Pernambuco, através de fotografias publicadas ao longo do século XX, como as que seguem, publicadas nos remotos anos de 1925 e 1926.

GRAVATÁ (PE) - 1. Palacete do prefeito Rodolfo Moraes; 2. Cadeia Pública; 3. Ponte sobre o Rio Ipojuca, mandado construir por Sergio Loreto; 4. Paço Municipal construído na administração do coronel Joaquim Didier; 5. Vista da cidade a partir do morro do Cruzeiro; 6. Cais de arrimo em construção; 7. Avenida Sergio Loreto, construída sob a administração de Rodolpho Moraes; 8. Grupo Escolar Paz e Trabalho, construído sob mando de Sergio Loreto, localozado na Praça 18 (?) de outubro, outrora chamada Rua da Alegria (ano: 1925)

LIMOEIRO (PE) - 1. Vista geral da cidade, vendo-se o rio Capibaribe, o Paço Municipal, o açougue e o mercado público; 2. Paço Municipal durante retorno da Europa do senador Severino Pinheiro, chefe local; 3. Imagem da cheia do Capibaribe em 1924, destacando-se a ponte de cimento armado que ligava a cidade ao seu interior; 4. Prefeito e seus funcionários na Prefeitura; 5. Vista da Estação Great Western, no dia da chegada do Santa Cruz Foot Ball Club, que havia disputado um amistoso com o Colombo Sport Club (ano de publicação das fotos: 1925)

SÃO LOUREÇO DA MATA (PE) - 1. Paço municipal, onde estavam instalados: Prefeitura, Concelho Municipal, Juri e Posto de Profilaxia Rural; 2. Praça Sergio Loreto quando recebia novo calçamento; 3. Trecho da avenida Dr. Francisco Correa; 4. vista geral da cidade; 5. Trecho da Avenida Dr. Francisco Correa, vendo-se o cinema, o mercado etc.; 6. Matadouro Municipal; 7. Escola Municipal em construção; 8. Mercado público (ano: 1925)

GURJAÚ (PE) - Inauguração de 2ª Linha Adutora da cidade, na qual estive presente o governador Sérgio Loreto, em 1926

PESQUEIRA (PE) - 1. A chagada de excursionistas à cidade; 2. Grupo Escolar Virginia Loreto, quando em sua inauguração; 3. Recepção do governador na Vila de rio Branco; 4. Grupo Escolar Loreto Filho, quando inaugurado; 5. O chefe de Estado em partida no vagão de luxo (ano: 1925)



Os velhos carros da terra de Fidel

Pontiac e Cadillac (foto), ambos americanos, são vistos em toda esquina / Fotos: Fábio Jardelino / NE10

HAVANA (CUBA) - Andar pelas ruas de Havana é como voltar no tempo. Os velhos casarios, datados de uma época ainda colonial, formam a paisagem urbana. Mas a geografia da cidade, ao contrário do que se pensa, é bem planejada. Na verdade, podemos imaginar a capital cubana como um enorme Recife Antigo: estreitas ruas de paralelepípedo separam os prédios e avenidas largas interligam os extremos da metrópole.

Caminhando pela cidade, percebemos um leve toque de organização. Às vezes até esquecemos que se trata de um país com inúmeros problemas estruturais - provocados pelo próprio sistema político vigente. E um dos personagens deste cenário, que transforma o país socialista num filme de época, são os carros antigos.

Pontiac e Cadillac, ambos americanos, são vistos em toda esquina. Moskvich, Volga e Lada, os soviéticos, são outros que circulam pela nostálgica Havana. Quase todos datam dos anos 40, 50 e 60 do século XX. Alguns, completamente enferrujados e caindo aos pedaços, rodam normalmente. Há ainda os modelos tunados, com luzes de néon embaixo da carroceria.


GALERIA DE IMAGENS

Datados dos anos 40, 50 e 60 do século passado, carros americanos e russos são comuns em Cuba
Legenda
Anteriores
  • Foto%3A%20F%E1bio%20Jardelino%20/%20NE10
  • Foto%3A%20F%E1bio%20Jardelino%20/%20NE10
  • Foto%3A%20F%E1bio%20Jardelino%20/%20NE10
  • Foto%3A%20F%E1bio%20Jardelino%20/%20NE10
Próximas

 




Os Ladas, que chegaram à ilha após o embargo americano, servem para o transporte dos cubanos. Automóveis de marcas europeias são raros. SUVs japoneses são usados por agentes de consulados. Os chamados veículos populares no Brasil são raros por lá, a exceção é o Fusca. Para os nativos, porém, é difícil ter um carro exclusivo. Um dos problemas está no valor do combustível, que custa equivalente a R$ 3,80, muito caro para os padrões da Ilha de Fidel. 

Os veículos mais conservados servem para o transporte de turistas endinheirados. O passeio num Cadillac conversível pela orla de Havana custa o equivalente a 20 CUC, mais ou menos R$ 50. O sistema de transporte coletivo, assim como a economia, funciona de forma dividida. Os táxis se separam entre os regulares e as "máquinas". Este último é o meio de transporte mais barato em Cuba e lembra nossas lotações feitas por Kombis. Em cada máquina cabem confortavelmente sete pessoas.link

MPPE recomenda suspensão do processo da Arena do Sport


O Ministério Público de Pernambuco expediu recomendação para a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife sugerindo a suspensão imediata dos processos admnistrativos referentes à construção da Arena do Sport. Além disso, o órgão exigiu dos responsáveis pelo projeto a realização de Estudo de Impacto de Vizinhança.

Por causa das dimensões, os responsáveis pelo empreendimento precisam realizar o EIV, uma vez que é necessário se ter conhecimento, precisamente, dos impactos que serão causados. "A partir desse conhecimento, deverão ser definidas as medidas compensatórias, mitigadoras e de monitoramento da imensa sobrecarga, principalmente em infraestrutura e mobilidade, que a cidade já suporta com as diversas edificações construídas ou em andamento", recomendou a promotora de Justiça Selma Carneiro Barreto da Silva.

O MPPE ainda destaca que existe um um inquérito civil com o objetivo de acompanhar as obras e apurar possíveis irregularidades da construção da arena. Além do estádio, estão previstos um shopping, duas torres empresariais, hotel, edifício garagem e docas. Na recomendação, há informações de que o atual complexo Ilha do Retiro foi edificado em terreno de preservação de área verde e se encontra parcialmente inserido na Zona de Ambiente Natural (ZAN) do Capibaribe. No documento, Selma Carneiro ressaltou também o resultado do parecer técnico elaborado pela Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural (DPPC), que enfatiza a preservação da sede do clube, em sua totalidade; das rampas laterais de acesso; e também da parte do painel de azulejos ali existente.

Quanto à preservação da sede do Leão, o MPPE também expediu recomendação ao prefeito do Recife, Geraldo Júlio, para que encaminhe projeto de lei à Câmara de Vereadores, a fim de que o imóvel seja incluído como Imóvel Especial de Preservação (IEP), nos termos da Lei nº 16.284/97, conforme o referido parecer da DPPC.

O Ministério Público argumenta que apenas memoriais justificativos de impactos foram elaborados. Entretanto, esses documentos são confeccionados pelos próprios empreendedores, diferentemente do EIV, que é realizado por empresas especializadas e está sujeito à discussão por meio de audiência pública. Por isso, o MPPE recomendou à Secretaria a exigência da realização do EIV e que promova audiências públicas, conforme determina o Estatuto das Cidades — para que a população e o poder público debatam sobre os processos de implantação de empreendimentos ou atividades com efeitos potencialmente negativos sobre o meio ambiente. As audiências entrariam como fase integrante da aprovação das construções.

A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife tem o prazo de dez dias para informar à Promotoria de Justiça sobre o acatamento das recomendações.

ESTÁDIO - O projeto da Arena do Sport foi aprovado em 2011 pelos sócios rubro-negros. Desde então, o clube briga para aprová-lo. Várias foram as exigências da Prefeitura do Recife. O Leão readequou os pontos a serem mudados e teve sinal verde para que o novo estádio fosse apreciado pela Comissão de Controle Urbanístico (CCU) e pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU). Na primeira análise, porém, o CCU pediu adiamento da apreciação para o dia 13 de novembro. A averiguação do CDU ocorrerá no dia 29 do mesmo mês se o projeto da arena leonina for aprovado. Só a partir daí é que o Sport poderá iniciar o processo de obras.LINK

Matrículas para rede pública estadual começam na próxima segunda-feira

Começa na próxima segunda-feira (11), e seguem até o dia 3 de dezembro, o prazo para a realização de matrículas da rede estadual de ensino para o ano letivo de 2014. As inscrições devem ser realizadas pela internet, através do site da Secretaria Estadual de Educação. Àqueles que não têm acesso à internet, podem efetuar a matrícula de 7 a 30 de dezembro, pela Central de Atendimento (0800 286 0086).

Os estudantes vindos da rede municipal e estadual, a matrícula é automática e tem de 6 a 10 de janeiro para ser efetivada. São oferecidas 172,645 vagas disponíveis em escolas regulares, integrais ou semi-integrais - 55 a mais do que no ano passado -, que podem ser preenchidas por alunos novatos, transferidos de outros estados ou municípios, procedentes de escolas particulares ou que estejam retornando aos estudos.

Em todos os casos, o sistema irá filtrar a vaga utilizando a ordem de opções de escolas fornecidas pelo candidato, que será comunicado, por telefone, sobre a confirmação da matrícula e os procedimentos necessários para a sua efetivação na secretaria da unidade escolhida. No caso da central de atendimento telefônico, havendo confirmação, o estudante será informado sobre a documentação, número de matrícula e período em que deverá comparecer à unidade escolhida para efetivar sua matrícula.

Os alunos da rede que optarem por mudar de escola, terão que, na efetivação, apresentar certidão de nascimento, comprovante de escolaridade (para alunos do ensino fundamental) e comprovante de residência com CEP. Já os alunos da rede que permanecem na mesma unidade de ensino precisarão apenas assinar a confirmação de matrícula se dirigindo à unidade. Os oriundos da rede privada ou que estão retornando aos estudos devem confirmar seu interesse, levando a mesma documentação à escola onde vai estudar, de 13 a 17 de janeiro.

Calendário escolar

Já no que se refere ao Calendário Escolar 2014, algumas mudanças: o ano letivo terá início no dia 5 de fevereiro, tendo o recesso antecipado de julho, para o período de 12 a 27 de junho. As mudança se dá diante dos jogos da Copa do Mundo. No retorno das aulas, o campeonato ainda estará acontecendo. Em dias de jogos do Brasil, será decretado feriado escolar. Segundo o secretário Ricardo Dantas, as decisões foram tomadas em consenso com a Ministério Público e o sindicato da categoria. Ele garante ainda que apesar das mudanças e dos feriados, serão respeitados os 200 dias de ano letivo.

Receita abre sexta-feira consulta ao penúltimo lote de restituição do Imposto de Renda

Cerca de 2,1 milhões de contribuintes saberão, ainda nesta semana, se receberão dinheiro do Fisco. A Receita Federal abrirá, às 9h de sexta-feira (8), consulta ao sexto lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2013 (ano-base 2012). Também será liberada a consulta a lotes residuais das declarações de 2012 a 2008 (anos-base 2011 a 2007).

No total, 2.129.401 contribuintes receberão R$ 2,1 bilhões. Relativamente ao exercício de 2013, a Receita pagará R$ 2,036 bilhões a 2.098.768 pessoas físicas, com correção de 5,16%, correspondente à variação da taxa Selic (juros básicos da economia) entre maio e novembro deste ano.

Em relação aos lotes de outros anos, 30.633 contribuintes receberão R$ 63,710 milhões. Os pagamentos terão as seguintes correções: 12,41% (para as declarações de 2012), 23,16% (2011), 33,31% (2010), 41,77% (2009) e 53,84% (2008). Os índices equivalem à taxa Selic acumulada de maio do ano de entrega da declaração a este mês.

A relação dos beneficiados ficará disponível na página da Receita na internet. A consulta também poderá ser feita pelo telefone 146 ou por meio de tablets e smartphones com os sistemas iOS (Apple) ou Android.

O dinheiro será depositado no próximo dia 18 nas contas informadas nas declarações. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades). Nesse caso, o declarante terá de agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.link