Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Vacina contra HPV nos postos de saúde de Pernambuco a partir de segunda-feira

A vacinação será destinada a meninas entre 11 e 13 anos, com objetivo de reduzir casos e mortes ocasionados pelo câncer de colo do útero


Foto de vacinaA partir da próxima segunda-feira (10), os postos de saúde de Pernambuco passarão a oferecer a vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV). A vacinação será destinada a meninas entre 11 e 13 anos, com objetivo de reduzir casos e mortes ocasionados pelo câncer de colo do útero. O governo espera beneficiar cerca de 253 mil jovens. O medicamento estará disponível durante todo o ano como parte da rotina de imunização, além da mobilização que será realizada em escolas públicas e privadas.

Para receber a vacina é preciso apresentar o cartão de vacinação e documento de identificação. Cada adolescente deverá tomar três doses para completar a proteção, sendo a segunda, seis meses depois, e a terceira, cinco anos após a primeira dose. "Nas meninas dessa faixa etária a vacina é altamente eficaz, induzindo a produção de anticorpos em quantidade dez vezes maior do que a encontrada em infecção naturalmente adquirida num prazo de dois anos", explica a coordenadora do Programa Nacional de Imunização em Pernambuco (PNI/PE), Ana Catarina Melo.

CAMPANHA - O Ministério da Saúde preparou uma campanha informativa para orientar a população sobre a importância da prevenção contra o câncer do colo de útero. Com o tema "Cada menina é de um jeito, mas todas precisam de proteção", as peças convocam as meninas para se vacinar. Na campanha, as mulheres também são alertadas de que a prevenção do câncer de colo do útero deve ser permanente.

DOENÇA - O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto.  Estimativa da Organização Mundial da Saúde aponta que 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença, sendo 32% infectadas pelos tipos 16 e 18.  O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, anualmente. A vacina não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais.link

0 comentários: