Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Em nova assembleia, rodoviários confirmam paralisação para a manhã desta sexta-feira


Os usuários do sistema de transporte público coletivo do Grande Recife terão que exercitar a paciência nesta sexta-feira, em mais um dia de paralisação dos motoristas, cobradores e fiscais de ônibus. A decisão foi tomada pela categoria, por unanimidade, em duas assembleias distintas – uma pela manhã e outra a tarde - ocorridas na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, no bairro de Santo Amaro. No encontro, os trabalhadores acordaram por cruzar os braços das 4h às 8h, retornando às atividades logo em seguida.

    Mesmo com os transtornos já esperados, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Benilson Custódio, garantiu a normalidade dos serviços para a noite desta quinta-feira e após às 8h desta sexta. "Tão divulgando por aí que hoje (quinta) vai ter paralisação, mas avisamos que, por parte desse sindicato, não haverá, até porque não somos loucos de fazer isso, pegando de surpresa os trabalhadores", explicou Custódio, acrescentando que o sindicato se esforçará para cumprir o horário da paralisação determinado nas assembleias.

    Segundo o representante da categoria, a decisão por paralisar as atividades é uma medida para tentar pressionar a Justiça a antecipar o julgamento do dissídio no Tribunal Superior do Trabalho (TST), programado para 8 de setembro. "Essas paralisações e protestos são para que judiciário antecipe o julgamento, para que os rodoviários recebem seus salários com a devida correção já no dia 5", afirma Benilson em referência ao reajuste salarial e dos benefícios de 10%, anteriormente fixados pelo tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 6ª Região.

    No início da semana, o TST reconsiderou parcialmente a decisão que concedeu efeito suspensivo ao aumento fixado pelo TRT, no fim de junho. Com isso, os pisos de R$ 1.765,50 para motoristas, R$ 1.141,69 para fiscais despachantes e R$ 812,13 para os cobradores estão mantidos. Em relação às demais cláusulas, como tíquete-alimentação, diárias, auxílio-funeral e indenização por morte ou invalidez, o reajuste ficou restringido a 6% até pronunciamento definitivo da Seção Especializada em Dissídios Coletivos (SDC) do TST. "Se o julgamento for antecipado, pode ser que acabe essa situação espinhosa que os rodoviários estão vivendo", reiterou Custódio.

    Durante a assembleia da manhã, o sindicato sugeriu dois horários para a movimentação, mas a paralisação das 16h às 00h, como havia se especulado anteriormente, não foi acatada por nenhum rodoviário. Segundo o presidente do Sindicato do Rodoviários, Benilson Custódio, a paralisação se dará no mesmo esquema que a última, que aconteceu na segunda-feira (25), os serviços estarão normalizados no fim de semana. O líder ainda afirmou que a categoria não descarta a possibilidade de greve, se o pagamento não estiver com aumento aprovado no dia 30 de julho.

    Insatisfeito com a reconsideração sobre o reajuste dos trabalhadores, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) entrou com um agravo regimental contra a decisão do ministro Barros Levenhagen. A classe patronal deseja que o TST reavalie seu posicionamento. A Urbana-PE informou ainda que tentará colocar os ônibus na rua para que a população não seja prejudicada.

    Universidades

    Diante do anúncio de paralisação dos rodoviários, a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) informou que irá suspender as aulas no turno da manhã. As demais atividades estão mantidas. Até às 11h desta sexta-feira (29), a instituição divulgará em seu site e redes sociais posição sobre os turnos da tarde e noite, dependendo da situação do serviço de transporte público e visando o menor prejuízo acadêmico possível. Já as universidades Federal de Pernambuco (UFPE) e Rural de Pernambuco (UFPE) estão em recesso.

    link do artigo

    0 comentários: