Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Dilma Rousseff teve mais de 70,2%

Dilma Rousseff teve mais de 70,2% dos votos em Pernambuco

Abstenção ficou em 17,76% no estado: mais de 1 milhão não votaram.
As eleições em Pernambuco tiveram 852 ocorrências em urnas, diz o TRE.

Do G1 PE

Presidente do TRE-PE, desembargador Fausto Campos. (Foto: Renan Holanda / G1)Presidente do TRE-PE, desembargador Fausto
Campos. (Foto: Renan Holanda / G1)

No balanço final divulgado na noite deste domingo (26), o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) informou que, no estado, a presidente reeleita Dilma Rousseff teve mais de 70,2% dos votos. Com 99,93% das urnas apuradas, a petista estava com 70,2% dos votos, enquanto Aécio Neves (PSDB) tinha 29,8%. A abstenção ficou em 17,76%, o que significa que mais de 1 milhão de eleitores não votaram.

As eleições em Pernambuco tiveram 852 ocorrências em urnas. Esse número equivale a 4,53% das 18.797 urnas espalhadas pelo estado. Desse total, 328 foram substituídas e apenas uma, em João Alfredo (Agreste), teve de ser trocada pela votação por cédulas.

O município com maior incidência de problemas com relação às urnas foi o Recife, com 137, seguido por Olinda (59), Cabo de Santo Agostinho (48), Jaboatão dos Guararapes (42), Paulista (40) e Vitória de Santo Antão (36). Os problemas mais comuns foram ajustes de data e hora (406) e substituição de urnas (328). No primeiro turno, o TRE-PE contabilizou 1.072 ocorrências no total.

O presidente do Tribunal, desembargador Fausto Campos, avaliou como positivo o balanço geral do pleito no estado. Segundo ele, o uso das urnas com identificação biométrica já foi assimilado pelos mesários e eleitores. "Agora nós já vamos dar início ao cadastramento biométrico das cidades de Olinda, Paulista, Vitória de Santo Antão e Petrolina. Então, é um processo novo e que deixa a eleição mais rápida, uma votação mais rápida e mais segura", disse.

O eleitor que não foi votar e nem justificou a ausência deve ficar atento. A partir de novembro, informou o desembargador, é preciso comparecer ao cartório.link

0 comentários: