Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O nosso blog abre um canal onde o internauta poderá participar sugerindo publicação. Enviando fotos

Traduza para seu idioma

Visitas internacionais

Free counters!

Seguidores

Psicóloga é presa com 30 mil comprimidos de ecstasy no aeroporto

Foram apreendidos mais de 30 mil comprimidos de ecstasy
Psicóloga e massoterapeuta de 30 anos foi presa no Aeroporto Internacional do Guararapes - Gilberto Freyre pela Polícia Federal com 30.800 mil comprimidos de ecstasy escondidas no fundo falso de duas malas, nesta quinta-feira (13). Esta foi a maior apreensão de droga realizada pela Polícia Federal em Pernambuco.

Os policiais desconfiaram do peso das bagagens e do nervosismo da psicóloga e massoterapeuta, Camila Schaedler Pedroso, 30, durante a fiscalização de rotina realizada no aeroporto. 

As malas foram submetidas ao aparelho de raio x e foi constatada a presença da droga na mala, em fundos falsos. Ao todo foram encontrados 11,5kg de ecstasy.

A suspeita natural do Rio Grande do Sul, foi autuada em flagrante por tráfico internacional de drogas e caso seja condenada pode pegar pena que varia entre 5 a 20 anos de reclusão. 

Em seu depoimento Camila informou a Polícia Federal que viajou para a Europa, saindo do Brasil pelo Rio de Janeiro com destino a Lisboa, ela já estava ciente de que faria o transporte da droga para o Brasil pelo valor de R$ 40 mil. Camila também informou que recebeu R$ 7.500 mil para custear a viagem. 

De Lisboa ela seguiu para a Holanda onde pegou a droga. O retorno ao Brasil incluía a entrada no país pelo aeroporto do Recife. Depois ela pegaria um ônibus para a Brasília e um outro para Florianópolis, em Santa Catarina, seu destino final. Quando chegasse lá ela receberia uma ligação de uma pessoa, que ela não informou a identidade, para pegar a carga. 

Ainda segundo a suspeita, ela aceitou fazer o transporte porque sua mãe estava doente e a família estava com dificuldades financeiras.

A psicóloga passou por exames no Instituto de Medicina Legal (IML) e foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina.

Esta é a 7ª apreensão de drogas realizada no Aeroporto Internacional do Guararapes - Gilberto Freyre em 2016, incluindo sete pessoas presas. Em 2015, houve apenas uma apreensão. fonte


0 comentários: